Por Rafael Alaby Martins Ferreira

Com boa atuação, o Corinthians derrotou o Ceará (3 a 1), na noite de quarta-feira, no Castelão, e ficou perto da vaga à quarta fase da Copa do Brasil. Após a partida, o técnico Fábio Carille admitiu a vantagem “muito grande”, mas pregou respeito ao rival e pediu empenho de todos no jogo de volta, marcado para o dia 3 de abril, na Arena. O Timão pode até perder por um gol de diferença para avançar.

nsidade que foi o jogo contra o Santos. Ontem o Pedrinho se queixou de dor. Essa não foi a principal razão por ele não ter iniciado. Me preocupei quando o médico falou que qualquer trombada poderia ocasionar algo mais sério. Ele continua com um pouco de dor. Então, a montagem da equipe foi dentro do que a gente esperava. Queria ter ficado neste campo aqui mais com a bola, ter mais posse de bola, se não tivesse encharcado, rodar mais neste campo que dá condições“, comentou.

O treinador revelou como foi o papo com o grupo no intervalo. A equipe empatava por 1 a 1.

“O único ajuste que fiz no intervalo é que achei que nossa linha defensiva estava muito atrás, e estava muito espaço para o meio-campo do Ceará, foi o principal que falei no intervalo, da gente subir os quatro, porque o Ceará não tinha jogadores de velocidade, eram todos meias, Felipe e Chico não têm a característica de receber bola em profundidade, a gente podia subir a linha. Foi a única mudança que fiz para o segundo tempo“, explicou.

O Corinthians esquece a partir de agora a Copa do Brasil e volta a focar no Paulistão. No próximo domingo, a equipe recebe o Oeste, na Arena, e precisa de uma vitória simples para garantir a classificação às quartas de final com uma rodada de antecedência.

(Torcedores.com)
Foto: Reprodução/SporTV

richard Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
richard Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

About Author

Comment here