Em jogo muito movimentado, o Corinthians venceu o Ceará por 3 a 1, na Arena Castelão, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Os gols alvinegros foram marcados por Junior Urso, Vagner Love e Jadson enquanto Juninho, de pênalti, descontou para o Vozão.

Agora o Timão tem a vantagem do empate na partida de volta, na Arena Corinthians, no dia 03 de Abril. E mais, o Alvinegro pode perder por um gol que, ainda assim, avança na competição. Já o Ceará precisa vencer por três ou mais gols em Itaquera para seguir no torneio. Caso vença por qualquer placar com vantagem de dois gols, o confronto será decidido nos pênaltis.

Atraso e igualdade 

Tentando deixar para trás as dificuldades que encontraram até agora na Copa do Brasil, Ceará e Corinthians se enfrentam na Arena Castelão para o primeiro confronto entre as equipes na terceira fase do torneio. O Ceará passou pelo Central, com um empate e a classificação pelo melhor ranking, e pelo Foz do Iguaçu, com novo empate e vitória nos pênaltis.

Já o Corinthians empatou com o também cearense Ferroviário, classificando pelo ranking, e venceu, no sufoco, o Avenida por 4 a 2. Para a partida, Lisca mandou a campo Eduardo Brock como a única novidade, além da presença de Roger, ex-jogador do adversário de hoje, no comando de ataque. Já o técnico Carille optou pela entrada de Vagner Love no lugar de Pedrinho para completar o ataque formado por Clayson e Boselli.

Por conta das fortes chuvas da capital cearense, o jogo teve seu início atrasado em 20 minutos. Quando a partida se iniciou, o gramado pessado obrigou as duas equipes apostarem em lançamentos mais longos pelo alto e os chutes de longa distância, principalmente pelo lado ofensivo do Ceará. Apesar da pressão inicial do time da casa, a primeira grande chance foi do Timão, Sornoza fez o lançamento para Vagner Love que, dentro da área, finalizou para boa defesa de Richard. E depois de entrar no jogo, o Corinthians não demorou para abrir o placar.

Junior Urso começou a jogada do lado direito e fez a inversão para Danilo Avelar, que cruzou para Boselli que ajeitou de cabeça para o próprio Júnior Urso que, também de cabeça, finalizou sem chances para o goleiro cearense fazer a defesa. O primeiro gol animou o Timão passou a ser dono da partida e dominando a bola no campo de ataque.

Ao Vozão, restou os contra-ataques tentando assustar o goleiro Cássio. Em um destes lances, a bola foi cruzada na área e Manoel derrubou Luiz Otávio. Pênalti que Juninho bateu com tranquilidade para empatar o jogo. Com o gol da igualdade, o jogo voltou a ficar equilibrado, com as equipes valorizando a posse de bola e chegando com menos efetividade. As melhores chances foram de Juninho e Chico finalizando por cima da meta de Cássio e com Clayson, que parou em excelente defesa de Richard. Desta forma, as duas equipes foram pro intervalo com a igualdade no placar.

O maestro volta e decide pro Corinthians 

Sem mudar as peças, Lisca e Carille mandaram equipes com posturas mais ofensivas para o segundo tempo e isso permitiu um início de segundo tempo muito mais aberto, com os dois times tentando o gol desde o princípio. Logo aos quatro minutos, Sornoza cobrou escanteio e Avelar quase marcou o segundo, mas a defesa evitou com Luiz Otávio.

No contra-ataque, Sornoza tocou a mão na bola na lateral do campo de ataque. Samuel Xavier cobrou a falta e Roger quase marcou o gol da virada do Vozão. Logo na sequencia, Ricardinho bateu cruzado e Cássio fez ótima defesa. Com o Ceará tomando a atitude, o técnico corintiano colocou Ramiro no lugar de Boselli. Logo no primeiro lance, o meia tocou para Sornoza que lançou para Vagner Love. O atacante invadiu a área e bateu forte, sem chance para Richard, para colocar o Timão em vantagem novamente. Com o resultado positivo, Carille resolveu colocar Jadson em campo.

O meia, voltando de lesão, entrou no lugar de Sornoza. E foi do camisa 10 o terceiro gol. Em um trabalho de posse envolvente, com 26 toques em um minuto, a bola chegou em Danilo Avelar pelo lado esquerdo, que cruzou para o meia que, de primeira, bateu no canto do goleiro Richard e ampliou. Foi o primeiro gol de Jadson e a terceira assistência de Avelar no ano.

Em vantagem no placar, Carille fez sua última mudança, colocando Richard no lugar de Junior Urso no meio. Precisando reorganizar sua equipe, Lisca colocou Fernando Sobral, João Paulo e Wescley nos lugares de Chico, Felipe e Ricardinho. As mudanças não deram resultado e, diante de um público de 25.468 torcedores, o Corinthians seguiu com o domínio da partida, sem dar espaço para o Vozão ameaçar a vitória paulista por 3 a 1, deixando o Alvinegro em vantagem no confronto.

Texto retirado de ogol.com.br
http://www.ogol.com.br/news.php?id=244963
Foto: Reprodução

richard Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
richard Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

About Author

Comment here